Sobre o Laboratório de Acessibilidade

O Laboratório de Acessibilidade (LAB), inaugurado na Biblioteca Central Cesar Lattes da Unicamp em dezembro de 2002, foi implementado através de recursos do projeto de infraestrutura aprovado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), além de outro projeto aprovado pela Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da Unicamp, com objetivo de proporcionar aos alunos, o direito de realizar seus estudos de nível superior em ambientes inclusivos de ensino e aprendizagem.

Está situado no primeiro andar da Biblioteca Central Cesar Lattes, atendendo de segunda à sexta, das 09:00 às 17:00h.

Atualmente o LAB dispõe de serviços especializados com o uso de tecnologias de informação e comunicação, as quais viabilizam a inclusão de pessoas com necessidades especiais na vida acadêmica, facilitando o acesso à informação.

Missão do LAB

Proporcionar aos usuários com deficiências um ambiente adequado às suas necessidades educacionais especiais, garantindo-lhes o direito de realizar estudos e pesquisas com maior autonomia e independência.

Objetivos do LAB

  • Apoiar o atendimento educacional especializado no ensino superior;
  • Orientar os usuários nas pesquisas bibliográficas e na padronização de trabalhos científicos;
  • Localizar e obter documentos interna e externamente;
  • Interagir com docentes das unidades que tenham alunos com deficiência para negociar a elaboração de materiais, adequações, acompanhamento do curso ou adaptação de provas;
  • Capacitar os seus usuários quanto ao uso das TIC’s (Tecnologias da Informação e Comunicação) disponíveis, especialmente as tecnologias assistivas;
  • Promover acessibilidade aos usuários do Sistema de Bibliotecas da Unicamp, oferecendo amplo acesso às fontes de informação e pesquisa;
  • Dar cumprimento à legislação pertinente ao acesso à informação;
  • Disponibilizar os equipamentos aos usuários para estudos, pesquisa e lazer;
  • Promover apoio didático, conforme necessidades específicas e disponibilidade de seus equipamentos e recursos humanos;
  • Proporcionar um ambiente adequado aos usuários com deficiência e aos pesquisadores em inclusão e acessibilidade;
  • Estimular e disseminar o uso de novas ferramentas de apoio;
  • Interagir com as bibliotecas do SBU e demais instâncias da Universidade, subsidiando e propondo ações inclusivas;
  • Propor oficinas temáticas em inclusão e acessibilidade aos servidores, alunos e docentes da Universidade e público externo;
  • Divulgar serviços, metodologias e produtos para comunidade interna e externa;
  • Incentivar a autonomia e a independência acadêmica dos usuários;
  • Produzir material acessível;
  • Contribuir para a produção científica e práticas em acessibilidade;
  • Fomentar, divulgar e praticar a filosofia inclusiva.